Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2018

Conheça Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, os "enviados dos Planos Superiores"

Imagem
Divaldo Franco vive tentando provar sua própria divindade. Como não existe divindades e no planeta de Provas e de Expiações não encarnam espíritos superiores, Divaldo não se cansa de mostrar a sua picaretagem, já alertada pelo sábio Herculano Pires. Mas como fala coisas que agradam aos ouvidos de multidões, Divaldo se mostrou e continua se mostrando bem sucedido na capacidade de ludibriar ingênuos necessitados de uma liderança a lhes conduzir um caminho.
Divaldo havia mostrado toda a sua rabugice em um comentário altamente retrógrado, típico dos espíritos mais atrasados do planeta. Só a declaração, onde aproveitou para elogiar o Golpe e a Lava Jato, ambos encomendados pelos EUA para impedir o desenvolvimento do Brasil, já seria suficiente para desmascarar Divaldo Franco, verdadeiro impostor que usou a doutrina para se favorecer, numa farsa que infelizmente durou quase 60 anos.
O suposto médium elogiou os principais personagens da Lava Jato, operação encomendada pelo FBI e pela CIA pa…

A caridade não-transformadora do "espiritismo" brasileiro

Imagem
Para o senso comum, sobretudo para as pessoas menos informadas, o "Espiritismo" brasileiro é a religião oficial da caridade. Suas lideranças são admiradas até mesmo por leigos, laicos e ateus, justamente pela forjada fama de "grandes caridosos". Como se o fim das desigualdades e injustiças dependesse de "espíritas" para acontecer.
Mas se observarmos com maior atenção aos detalhes da chamada caridade "espírita", vamos perceber que, mesmo sendo feita, ele tem tido uma ação bastante pífia e seus resultados nitidamente inócuos. É uma caridade que não resolve, não transforma, servindo apenas de consolo para problemas que nunca são resolvidos.
Estranho uma forma de caridade frouxa, paliativa e sem resultados realmente consistentes seja tão admirada. É um tipo de caridade aprovado pelas forças conservadoras (e gananciosas) porque ela não mexe nas estruturas de poder e muito menos reparte renda e direitos. É uma caridade que só serve para promover fals…

Waldo teria encomendado a Oscar Niemeyer a construção de um memorial a Chico Xavier

Imagem
Infelizmente, para o senso comum, "Espiritismo" não é Allan Kardec e sim Chico Xavier. "Espiritismo", para a maioria das pessoas, principalmente para leigos, laicos e ateus, é uma igreja, de inspiração católica não-assumida e que acredita - pela fé e não pelo conhecimento - em vida pós morte, sem qualquer tipo de estudo ou verificação.
A tentativa de reabilitar Chico Xavier, a galinha de ovos de ouro do "espiritismo" brasileiro, cujos livros, cheios de contradições, absurdos e mentiras, vendem feito pipoca em porta de igreja, é continuada de forma insistente, para que a FEB, entidade que descobriu o suposto médium possa se manter. Por isso, toda e qualquer novidade envolvendo o charlatão mineiro sempre é levada ao conhecimento público.
A novidade da hora é a descoberta, entre muito material relativo ao charlatão mineiro, de uma projeto, possivelmente encomendado pelo líder religioso Waldo Vieira , o "André Luíz", criado pelo ateu de orientação …

Como supostos médiuns podem ter contato com o Alto se fazem diagnóstico errado da realidade?

Imagem
Chico Xavier e Divaldo Franco fizeram diagnósticos estranhos sobre o Brasil real de seus temos. Classificavam ditaduras como democracias instauradoras da ordem e que estavam "construindo reinos de amor". Rotulavam ditadores como "homens responsáveis" como se fossem tutores da humanidade. 
Estranho para quem ingenuamente enxergava nos dois os discípulos do socialista Allan Kardec. Mas não para quem descobriu que o "Espiritismo" brasileiro nunca passou de uma deturpação e que tem na sua base doutrinária a medieval Teologia do Sofrimento, aquela que diz que a evolução espiritual seria acelerada através do prejuízo de seus seguidores.
Mas os ingênuos sempre enxergavam os dois supostos médiuns como enviados do alto, portadores de imensa sapiência nunca comprovada na prática e frequentemente posta em xeque através de declarações esquisitas, tipicas dos mais retrógrados conservadores. 
Como classificar dois líderes religiosos como "enviados do alto" s…

Declarações de Carlos Vereza e de Divaldo Franco podem esvaziar ainda mais centros "espíritas"

Imagem
As contradições do "Espiritismo" brasileiro, uma seita que nasceu deturpada, usando o nome de Allan Kardec apenas como "autenticador" dos dogmas absurdos (vários herdados da forma medieval de Catolicismo) estão vindo a tona, causando um verdadeiro abalo nos centros, afastando uma multidão de fiéis que aos poucos percebem que a versão brasileira nada tem de kardeciana.
A declaração do ator assumidamente "espírita" (de Chico Xavier, não de Kardec, bom lembrar), e uma entrevista de Divaldo Franco, suposta maior liderança da doutrina no Brasil, ambas cheias do mais medieval e anti-humanista conservadorismo, têm revelado que a doutrina brasileira - na prática divorciada da francesa original - se mostra cada vez mais incompetente na transformação da humanidade, sendo reduzida a uma igreja de fé cega, apesar da interpretação peculiar de dogmas cristãos.
O que mostra que a "religião mais racional e avançada do undo" nada tem de racional e de avançada. …

Rabugice de Carlos Vereza é coerente com o igrejismo do "Espiritismo" brasileiro

Imagem
Temos que aceitar o fato de que o "Espiritismo" praticado no Brasil não é o mesmo codificado por Allan Kardec. No Brasil se construiu uma igreja, inspirada nas ideias de Jean Baptiste Roustaing. Como Roustaing não tem carisma, pegou-se as ideias deste e embutiram em Allan Kardec, cujas ideias seriam progressistas demais para uma igreja. Uniu-se uma ideia sem autor com um autor sem ideia e deu no que deu: Allan Kardec "aprovando" as besteiras roustainguistas seguidas pelo "Espiritismo" brasileiro.
Isso permite que haja erros doutrinários que favorecem o surgimento de figuras semi-medievais como Chico Xavier, Divaldo Franco e o ator Carlos Vereza, a mais retrógrada e antipática das celebridades brasileiras. Um velho gagá que se acha "moderno" e "sábio" só porque carrega o rótulo de "espírita" em sua testa. Allan Kardec tinha horror por pessoas com a mentalidade medieval de Carlos Vereza.
Sim, porque graças ao também medieval C…

Prisão injusta de Lula por "Enviados da Ordem Divina" comprova charlatanismo de Divaldo Franco

Imagem
Divaldo Franco merece ser definitivamente apagado da historiografia espírita. Ele, Chico Xavier, Bezerra de Menezes e outros charlatães que os assemelham. Estes contribuíram para a deturpação e para a má compreensão da doutrina original.

Espiritas de fato, somente os comprometidos com Allan Kardec como Herculano Pires, Deolindo Amorim, os novatos Sérgio Aleixo, Dora Incontri e todos os que se dispõem a respeitar a racionalidade da doutrina codificada na França. Estes merecem nosso respeito e admiração.
O igrejismo embutido na versão brasileira do "Espiritismo" tem feito muito mal à doutrina, deturpando e não raramente invertendo conceitos doutrinários. E esta inversão de valores permitiu a sua suposta maior liderança, Divaldo Franco, que o verdadeiramente sábio Herculano Pires classificou como impostor, falasse asneiras disfarçadas de sabedoria doutrinária.
Divaldo classificou os membros da Lava Jato como "enviador superiores da Ordem Divina", como se fossem missi…

Golpista, Divaldo Franco mente sobre evolução da humanidade

Imagem
Herculano Pires, o mais espírita (sem aspas) dos brasileiros, havia alertado sobre o charlatanismo de Divaldo Franco. Mas ninguém deu ouvidos ao tradutor de Kardec e preferiu fortalecer o farsante baiano, alçado a maior liderança da doutrina no país. Um erro grave que cresceu de forma monstruosa a ponto de se tornar incontrolável.
Este monstro que arruinou a doutrina transformando-a em uma igreja que acredita em bobagens vivia dizendo que no "terceiro milênio" a humanidade teria um progresso rápido e gigantesco, se tornando mais altruísta e mais intelectualizada. Franco disse isso com base em seitas místicas e não com base verdadeiramente cientifica.
Quem conhece o Espiritismo original sabe muito bem que Franco sempre mentiu sobre isso. Kardec havia falado que a evolução humanitária seria lenta e gradual. O que significa que levaria bilhões, talvez trilhões de anos para que a humanidade pudesse dar seu primeiro passo adiante. 
Mas Franco teve pressa e quis que um país de ap…

Jornal "espírita" ofende Stephen Hawking

Imagem
O jornal carioca que segue a linha igrejista da FEB, o Correio Espírita (sic), fez um comentário ofensivo contra Stephen Hawking, levando em conta o fato dele ser ateu.
Em termos mais ou menos como estes, o jornal disse que "finalmente Stephen hawking vai encontrar com a verdade", como se os dogmas sem pé nem cabeça defendidos pelos "espíritas" brasileiros fossem incontestáveis, apesar de não serem baseados na lógica e sim na fé cega.
Para os responsáveis do jornal - que aproveitaram a mesma edição para defender de forma discreta Divaldo Franco e suas declarações anti-humanistas - a fé é muito mais importante que a razão e que o caricato mundo espiritual, construído a semelhança do materialismo terrestre, é uma realidade concreta. 
Allan Kardec falou que o mundo espiritual nada tem a ver com o que vemos no planeta Terra e que nã há no mundo material algum referencial que possa ser usado para imaginarmos o que veremos após ao nosso falecimento. A FEB discorda de Ka…